Câmara analisa receita reduzida em R$ 2,2 bi

Os vereadores da Comissão de Finanças da Câmara Municipal de São Paulo analisam hoje o parecer elaborado por Milton Leite (DEM), que recomenda corte de 7,5% no Orçamento da Prefeitura de São Paulo para 2009. O relatório apresenta um corte linear nas expectativas de receitas de tributos como o IPTU e o ISS, além de uma redução linear nas áreas de Saúde e Educação. O corte deve afetar a construção de novos hospitais e de escolas de educação infantil. A votação da receita reduzida de R$ 29,4 bilhões para R$ 27,2 bilhões está prevista para o dia 19 de dezembro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.