Câmara aprova Instituto de Museus

O projeto que cria o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) foi aprovado ontem pelo plenário da Câmara dos Deputados. De acordo com o texto, o Ibram será uma autarquia federal vinculada ao Ministério da Cultura. A proposta, que também reorganiza o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), segue agora para apreciação do Senado. O Ibram será responsável pela normatização e fiscalização do patrimônio dos museus brasileiros. O projeto também cria 425 cargos efetivos no Instituto Brasileiro de Museus. Com a aprovação da proposta no Senado, serão necessários R$ 22,2 milhões a mais para a Cultura.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.