Câmara de Paulínia aprova aumento de salários do Executivo

A Câmara Municipal de Paulínia aprovou ontem em sessão extraordinária dois projetos de lei - um para criar 27 novos cargos no Legislativo e outro para reajustar salários do Executivo. Os novos assessores a serem contratados pela Câmara irão receber entre R$ 400 e R$ 1,7 mil, além de bônus mensal de R$ 500.Já na prefeitura, os secretários municipais terão seus salários aumentados em 75%, de R$ 4 mil para R$ 7 mil, e os que ocupam os chamados cargos de confiança receberão reajuste de 100%, de R$ 3 mil mensais para R$ 6 mil. A Câmara informou que os dois projetos são legais e não ferem a Lei de Responsabilidade Fiscal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.