Câmara de São Paulo rejeita CPI do Transporte

A CPI do Transporte não foi aprovada nesta terça-feira, como prometiam os vereadores governistas. A proposta de criação da comissão deve ser apresentada e talvez aprovada na próxima semana. Uma disputa dentro do PT deve definir se o grupo vai investigar todas as denúncias do setor ou se vai se limitar apenas às investigações sobre os sindicatos dos motoristas e cobradores e as empresas de ônibus. No começo da semana, 9 vereadores petistas (a bancada tem 17) definiram que as investigações seriam amplas. Com o retorno à Câmara do secretário de Comunicação, José Américo Dias, o placar pode se inverter.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.