Câmara fecha 55 acordos com a TAM

A Câmara de Indenização encerra hoje as atividades com 92% de acordos fechados com parentes de passageiros do voo 3054 da TAM, que vinha de Porto Alegre e se acidentou em Congonhas, em julho de 2007, matando as 199 pessoas a bordo. Entre as 59 famílias que entraram com requerimento na câmara, criada para agilizar as ações, 55 fizeram acordo. O órgão era composto, entre outros, por representantes do Ministério Público de São Paulo e Secretaria de Estado da Justiça. Não foram divulgados valores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.