Câmara Municipal de SP tem convocação extra para hoje

Os vereadores de São Paulo foram convocados, a partir de hoje, para quatro sessões extraordinárias. A primeira delas estAVA marcada para às 14 horas desta segunda-feira. A convocação foi feita pelo presidente da Câmara Municipal, vereador Arselino Tatto (PT), atendendo decisão da prefeita Marta Suplicy (PT). O objetivo das sessões extras é permitir a apreciação de quatro projetos de interesse do Executivo. A prefeita considera que essa medida se torna indispensável em razão da urgência e do interesse público das propostas. Os projetos que figuram na ordem do dia está o que dispõe sobre o estabelecimento de uma política integrada de habitação, voltada à população de baixa renda; autoriza a instituição, junto à COHAB/SP, do Fundo Municipal de Habitação, e cria o Conselho desse Fundo. Há também a proposta do Executivo que autoriza a concessão administrativa de uso, a título oneroso, mediante licitação, das áreas de propriedade municipal denominadas Torres A, B, C e D do Mercado Central Paulistano. Outro projeto a ser discutido hoje é o que autoriza o Executivo a doar área de propriedade Municipal situada na Avenida Dr. Luís Aires, Distrito de Itaquera, Subprefeitura de Itaquera, à Companhia Metropolitana de Habitação de São Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.