Câmara veta venda de spray a menores de 18

A Câmara aprovou ontem projeto de lei que proíbe a venda de tintas spray para menores de 18 anos e distingue a prática de pichação da grafitagem. A pichação é considerada ação ilegal e criminosa e o grafite, manifestação artística sob o consentimento dos proprietários. A lei prevê multa e até a suspensão do alvará. O projeto segue agora para votação no Senado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.