AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

Cambistas são detidos com ingressos de cortesia no entorno do Engenhão, no Rio

Quarteto estava em posse de 26 entradas, mas foi liberado após ser ouvido no Jecrim

Ricardo Valota, O Estado de S.Paulo,

30 de agosto de 2012 | 04h15

SÃO PAULO - Quatro cambistas foram detidos, durante a noite desta quarta-feira, 29, no Rio, no momento em que vendiam ingressos de cortesia, de venda proibida, na porta do Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, na zona norte da cidade, onde foi realizada a partida entre Fluminense e Corinthians, válida pelo Campeonato Brasileiro.

 

Cosme Alves, de 48 anos, Almir Soares dos Santos, 32, Luiz Claudio da Silva, 39, e Fábio Rodrigues Nanci, 29, estavam em posse de 26 ingressos, sendo oito destinados à Polícia Militar, 11 à diretoria do Fluminense, cinco ao departamento técnico e dois à Torcida Força Flu. Os quatro foram levados para o Juizado Especial Criminal (Jecrim) do Engenhão, onde os ingressos seriam analisados.

 

Luiz Cláudio da Silva já havia sido preso no domingo, 26, no mesmo local e pela mesma prática, durante a partida entre Botafogo e Flamengo. Os quatro cambistas foram ouvidos no Jecrim e liberados. O delegado Rodrigo Brand, da Delegacia do Consumidor, quer agora esclarecer como esses ingressos chegaram às mãos dos quatro cambistas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.