Camelô mata colega no centro de SP

O ambulante Euclides Araújo Silva Neto, de 30 anos, assassinou ontem, com duas facadas, uma no pescoço e outra nas costas, o colega, também camelô, Francisco César Lima Pereira, de 36 anos. O crime ocorreu na Praça da Sé, no centro da cidade de São Paulo, por volta das 21h00 de ontem, local onde ambos trabalhavam. O crime foi passional. Euclides descobriu que estava sendo traído pelo colega de profissão. Preso em flagrante por um policial militar do 07º Batalhão, que fazia patrulhamento a pé no local, Euclides Araújo foi levado ao 01º Distrito Policial, da Sé, e indiciado por homicídio doloso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.