Camelôs fazem passeata em Pinheiros

Cerca de 100 camelôs realizaram uma passeata, hoje de manhã, nas ruas de Pinheiros, na zona oeste de São Paulo. Entre as principais reivindicações da categoria, eles pedem que o reordenamento do comércio ambulante na região fosse feito em 2002, para que pudessem trabalhar no período do Natal. A Comissão Permanente de Ambulantes (CPA) da Administração Regional de Pinheiros havia determinado que os ambulantes começariam a ser reorganizados na semana que vem. "Tem muita gente endividada, que espera o Natal para poder pagar as contas", afirmou o presidente da Associação dos Comerciantes Ambulantes de São Paulo, Francisco Marcos da Silva.A manifestação terminou na administração regional. Em reunião com a administradora, Bia Pardi, ficou decidida uma trégua até janeiro. "A comissão foi sensível às argumentações dos ambulantes e vamos esperar mais um mês e meio", disse Bia. Dos aproximadamente 2 mil camelôs que atuam na área da regional, apenas 511 terão o Termo de Permissão de Uso (TPU) para continuar atuando nas ruas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.