Camelôs fecham lojas da 25 de Março, em SP

Os camelôs da Rua 25 de Março, no centro de São Paulo, fizeram um arrastão no início da tarde na região, obrigando todas a lojas a fecharem suas portas. Desde às 4h30, agentes da Prefeitura e da Receita Federal e representantes do Ministério Público Estadual estão realizando uma blitz na área. O objetivo é apreender produtos contrabandeados. Durante o protesto dos ambulantes, houve cenas de vandalismo: chutes nas portas das lojas, algumas mercadorias que estavam do lado de fora, como guarda-chuvas, foram levadas e dois ônibus tiveram os vidros quebrados. Os manifestantes atiravam paus e ovos nos estabelecimentos que se recusavam a fechar.Os camelôs carregavam uma bandeira de cerca de 30 metros, feita com várias bandeiras brasileiras menores. Cantavam o Hino Nacional e gritavam "Ah, ah, uh, uh, a 25 é nossa." A Tropa de Choque da Polícia Militar e a Guarda Civil Metropolitana (GCM) acompanham a movimentação na região.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.