Câmera flagra morte de funcionário de cartório em assalto

As câmeras do circuito interno do 2º. Tabelionato de Ofícios e Protestos de Cascavel, no oeste do Paraná, flagraram, por volta das 11 horas desta quarta-feira, 27, o momento em que um assaltante matou um funcionário depois de ele ter entregue malotes que continham sobretudo cheques. O assalto, que demorou cerca de um minuto, foi realizado por dois homens que usavam capacetes e óculos escuros. Eles fugiram em uma motocicleta que estava estacionada nas imediações.Este foi o quarto assalto ao cartório no prazo de dois anos. A polícia já tem suspeitos e espera que a divulgação da fita pelas emissoras de televisão da região ajudem na captura. Pelas imagens, os dois homens entraram no cartório e renderam os nove funcionários e uma cliente. Um deles foi até a mesa onde estava Robel, obrigando-o a entregar o malote que estava em um cofre. Depois, o assaltante dirigiu-se para o outro lado da sala, mas decidiu retornar e deu um tiro no funcionário, que morreu na hora. Robel trabalhava no tabelionato havia cerca de 20 anos. Casado, deixa dois filhos. A família ficou sabendo do crime em uma chácara em uma cidade vizinha a Cascavel, onde o aguardava para comemorar o ano-novo. O corpo de Everson Robel de 37 anos, deve ser sepultado nesta quinta-feira, 27. Até a tarde desta quarta-feira, , os proprietários do cartório ainda não tinham divulgado o volume roubado, mas, segundo uma funcionária, eles trabalham mais com cheques nominais ou cruzados. No último assalto, ocorrido no começo do ano, duas pessoas foram presas, mas conseguiram escapar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.