Caminhada pela paz reúne 1.500 pessoas em Brasília

Cerca de 1.500 pessoas participaram neste domingo, em Brasília, da caminhada da Paz, organizada por 20 entidades e movimentos sociais do Distrito Federal. A passeata percorreu parte do Eixão - a principal via da capital do País - e teve a presença do embaixador da Comunidade Palestina no Brasil, Mussa Emer Odieh, e do secretário-geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Raimundo Damasceno. O representante da Palestina condenou a ação norte-americana e reclamou da falta de apoio mundial para a causa Palestina. "Necessitamos de paz. Nosso povo também é vítima do terrorismo", afirmou o embaixador da Comunidade Palestina, que caminhou ao lado de dom Raimundo.Dom Raimundo condenou a reação dos Estados Unidos, que se prepara para possíveis ataques ao Afeganistão. "Não se pode apoiar operação indiscriminada que põe em risco milhares de vidas", afirmou o bispo. Com balões brancos, faixas com pedidos de paz e bandeiras da Palestina, do MST e de partidos políticos, principalmente da esquerda, a caminhada pela Paz não teve a presença de autoridades federais ou do Distrito Federal.

Agencia Estado,

30 de setembro de 2001 | 21h11

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.