Caminhão com 1,5 tonelada de maconha é apreendido no Rio

Motorista disse ter sido dominado pelos bandidos, que se apossaram do caminhão para fazer o transporte

Roberta Pennafort, Agência Estado

08 de agosto de 2010 | 16h12

Um caminhão com aproximadamente 1,5 tonelada de maconha foi apreendido na madrugada de domingo numa das vias de acesso ao Complexo do Alemão, na zona norte do Rio. A carga estava escondida sob um carregamento de polvilho, e teria vindo do Paraná para o Rio para ser entregue a traficantes.

 

Policiais do 16º Batalhão da PM chegaram ao caminhão por meio de uma denúncia anônima. A abordagem foi feita na Estrada do Itararé, por volta das duas horas. Um carro com bandidos fazia escolta da carga; ao avisar os policiais, os criminosos atiraram e, em seguida, fugiram. Ninguém ficou ferido.

 

Ângelo Rafael Kruger, de 29 anos, o motorista do caminhão, também fugiu, mas mais tarde se apresentou à polícia. Disse que fora rendido por traficantes armados, ameaçado, e preso no compartimento de carga por cinco horas.

 

Isso aconteceu, segundo ele, na noite de sábado, quando o caminhão passava pela Via Dutra, a caminho do Rio. Ele teria parado para beber água e, então, teria sido dominado.

 

Os bandidos assumiram o controle do veículo e partiram para o Alemão, segundo essa sua versão. O motorista contou que veio da cidade de Laranjeiras do Sul, no Paraná, trazendo apenas polvilho.

 

Prensada, a droga estava em tabletes de um quilo, que foram escondidos sob os sacos de polvilho. O material foi levado à delegacia da Penha e será periciado. De acordo com os policiais, o carregamento renderia cerca de R$ 700 mil aos traficantes.

Tudo o que sabemos sobre:
maconhariodrogas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.