Caminhão tomba e deixa ao menos 12 mortos em Minas Gerais

Acidente ocorreu na Rodovia Fernão Dias, na região de Bonsucesso; pelo menos 20 pessoas ficaram feridas

da Redação, estadao.com.br

19 Agosto 2008 | 18h44

Ao menos 12 pessoas morreram depois que um caminhão que as transportava trabalhadores rurais em sua caçamba caiu num barranco na altura do quilômetro 650 da Rodovia Fernão Dias, no trevo de Bonsucesso, a 180 quilômetros de Belo Horizonte, na região centro-oeste de Minas Gerais. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), cerca de 20 pessoas ficaram feridas.   O veículo levava os trabalhadores de uma fazenda em Bom Sucesso para casa, em Santo Antônio do Amparo, depois de uma jornada de trabalho de colheita de café. Por volta das 16h45, o motorista perdeu o controle, bateu na mureta de proteção e tombou em um barranco de mais de 4 metros. Com o impacto, a carroceria teria caído em cima dos trabalhadores.   O socorro às vítimas mobilizou viaturas da Polícia Rodoviária Federal, Corpo de Bombeiros, e ambulâncias das empresas concessionárias que atende a rodovia. Ainda não se sabe quantos passageiros estavam no veículo. Entre os feridos - todos levados ao Hospital São Sebastião, em Santo Antônio do Amparo -, havia mulheres, idosos e crianças. Oito deles sofreram lesões graves.   As vítimas fatais do acidente estavam sendo levadas para o Instituto Médico Legal de Lavras. O trabalho de identificação das vítimas ainda está sendo feito e o número de mortos poderia aumentar nas horas seguintes, em razão da gravidade do acidente, segundo a PRF. A polícia irá investigar as causas da tragédia.   O trânsito na Fernão Dias foi bloqueado por mais de uma hora, e ainda segue lento nos dois sentidos. Agentes da PRF disseram que o transporte de trabalhadores rurais na região é feito de forma pouco segura, e não souberam precisar se o caminhão estava licenciado para a atividade.   (Com Fernando Campos e Eduardo Kattah, de O Estado de S.Paulo, Carina Urbanin, da Agência Estado, e Eduardo Simões, da Reuters)   Atualizado às 21 horas para alteração de informação

Mais conteúdo sobre:
acidente de trânsito Minas Gerais Lavras

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.