Caminhonete explode em posto de gás e deixa um ferido

A explosão de uma caminhonete Ranger prata, por volta das 14 horas da tarde desta quarta-feira, 23, em um posto de gás natural veicular (GNV) na esquina da Avenida Engenheiro Caetano Álvares com a Rua Antonio Lopes Pereira, no bairro do Limão, na zona norte de São Paulo, deixou um ferido. A explosão ocorreu no momento em que o veículo estava sendo abastecido com GNV. Assim que o motorista Ismael de Oliveira Alves, de 20 anos, desceu do carro para ir ao banheiro, o cilindro de gás rompeu por não agüentar a pressão. O acidente não causou incêndio, mas o deslocamento de ar foi tão forte que destruiu o veículo totalmente, além de provocar a queda de parte do teto do posto. O frentista Edvaldo Costa, de 28 anos, teve pequenas queimaduras no braço e foi encaminhado ao Pronto-Socorro da Vila Penteado.Pedaços da picape foram parar do outro lado da rua. Um carro parado no posto e outro que estava no estacionamento ao lado também foram atingidos. Três equipes do Corpo de Bombeiros foram enviadas para o local. A Defesa Civil também foi acionada e informou que apesar do posto continuar funcionando, as duas bombas de gás serão interditadas.De acordo com os bombeiros no local, as causas do acidente ainda não foram esclarecidas, mas há suspeitas de que o cilindro não seja adequado para esse tipo de veículo e por esse motivo não teria agüentado a pressão. Para obter a comprovação, os bombeiros estão analisando os fragmentos, comparando-os a um cilindro utilizado em empilhadeiras. O motorista afirma que já comprou o veículo com esse cilindro.(Colaborou Fabiana Marchezi)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.