Campeã, Beija-Flor encerra desfile na Sapucaí com luxo

Já passava das quatro da madrugada de domingo quando a Beija-Flor de Nilópolis acabou seu desfile, levando uma multidão atrás de si. A campeã de 2007 vinha com o enredo ?Áfricas?, luxuosa, quase barroca, e muito empolgada, com toda a comunidade da cidade da baixada Fluminense cantando o samba. A escola não tem celebridades além das criadas dentro da própria comunidade, como a porta-bandeira Selminha Sorriso e a mulata Pinah, um dos primeiros destaques que saiam na escola nos anos 70, mas que se casou, mudou para São Paulo e hoje só aparece no desfile das campeãs. A única exceção é Edson Celulari, que sai discreto tocando tamborim na bateria. Sua mulher, Claudia Raia, também costuma sair, mas que não pôde comparecer, pois tinha uma apresentação de seu espetáculo Sweet Charity. O carnavalesco Alexandre Louzada não veio ao desfile e o presidente de honra da Escola, Anis Abraão Davi, o Anísio, disse que está negociando sua permanência na escola, mas que é provável que ele volte em 2008. O enredo da Beija-Flor também já esta quase decidido: seria sobre o estado do Amapá, com patrocínio da capital Macapá. ?Vamos decidir até o final desta semana?, garantiu Anísio. A escola deve ter sido a mais luxuosa, mas não empolgou a arquibancada mais que a Viradouro, que tem o estilo oposto. Enquanto a Beija flor é tradicional, a Viradouro, que também é da região metropolitana do Rio, pois sua quadra fica em Niterói, tem um estilo inovador, colorido e cheio de surpresas. As cores azul e branco da Beija-Flor pouco apareceram na escola, que usou mais tons de palha, começando com animais africanos, elefantes, girafas e zebras, e terminando com uma homenagem a todas as outras escolas de samba. Polícia Federal A Polícia Federal fez uma batida no primeiro recuo de bateria quando a escola de samba Estação Primeira de Mangueira estava prestes a sair. Algum material foi recolhido, mas não se divulgou o que continha. Ninguém foi detido.

Agencia Estado,

25 Fevereiro 2007 | 04h59

Mais conteúdo sobre:
carnaval carnaval 2007

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.