Campeão de tiro é assassinado pelo sócio

O atirador paranaense Walter Antônio Pertile, de 48 anos, foi morto com um tiro de revólver ontem à tarde, em Cascavel (PR), dentro do escritório de Contabilidade Iguaçu, do qual era um dos proprietários. Segundo testemunhas, o sócio dele, Darlei Nadal Gabana, de 56 anos, foi quem disparou o tiro. Ele está foragido. Atualmente Pertile ocupava a terceira posição no ranking nacional de Tiro Prático (Pistola), modalidade que lhe rendeu diversos títulos, entre eles o Brasileiro de 2005. Poucos antes do disparo, os dois sócios discutiram.

O Estadao de S.Paulo

07 de agosto de 2018 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.