Campeões no evento

Tiago Camilo: a partir das 16 horas de hoje, no Centro Olímpico do Ibirapuera, um grupo de talentosos judocas estará à disposição do público para ensinar alguns de seus melhores golpes. E para quem não sabe nada, há aulas básicas de iniciação. Um deles é Tiago Camilo, de 25 anos, que obteve, na semana passada, o título de campeão mundial de judô, no Rio. Ele ganhou as sete lutas por ippon - o golpe perfeito no judô, que corresponde ao nocaute do boxe - na categoria meio médio. Camilo também ganhou a medalha de prata na Olimpíada de Sydney, em 2000, quando tinha 18 anos e competia como peso leve. O bicampeão mundial João Derly também comparece. Magic Paula: das 14 às 22 horas, a estrela veterana do basquete coordena as atividades do Centro Olímpico do Ibirapuera, aberto para o peneirão de 11 modalidades. Apesar de estar localizado num bairro de classe média da zona sul, o centro concentra principalmente atletas da periferia. "De cada 10 alunos, 7 não possuem condições de pagar uma escola de esporte", diz Paula. "Temos vagas principalmente na escolinha, no período da manhã." A atleta está ansiosa por achar novos talentos. Essa é uma tarefa fácil? "É sim. A criança que nasce para um determinado esporte aprende com muito mais facilidade. Seus movimentos são naturais", revela. "É uma grande oportunidade." Marquinhos: das 18 às 8 horas de amanhã, fica no Ginásio do Pacaembu com seus companheiros de quadra da década de 70 Israel e Gerson para enfrentar alguns desafios. Participam de jogos com outros veteranos do esporte. "Entre uma partida e outra, vamos fazer brincadeiras, ensinar técnicas como a dos passes e das enterradas", diz Marquinhos, que também promete distribuir prêmios como camisetas. Para o jogador, a Virada Esportiva não é um evento importante apenas para a cidade. "Confederações de outros Estados confirmaram a presença no evento." Ana Moser: a partir das 14 horas de hoje, enfrenta partidas de vôlei de praia no Parque Villa-Lobos. Jacqueline, Amauri e Aída são outras estrelas que participam. Estão previstos quatro jogos de duplas. Apesar de o esporte ser popular em todo o País, dificilmente os paulistanos têm a oportunidade de assistir a disputas como essas. "Um dos objetivos da Virada é popularizar algumas modalidades", diz Walter Feldman, Secretário de Esportes. No Parque Villa-Lobos, o evento não vai madrugada adentro. O nomeparque fecha às 20 horas. Amanhã, ali acontecem atividades variadas.

O Estadao de S.Paulo

07 Setembro 2022 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.