Campinas confirma duas mortes por febre maculosa

A doença transmitida pelo carrapato-estrela matou 4 pessoas na cidade, em 2006

Elvis Pereira, do estadao.com.br

13 Julho 2007 | 17h24

A Secretaria Municipal de Saúde de Campinas, no interior de São Paulo, confirmou nesta semana a morte de duas pessoas por febre maculosa. Exames do Instituto Adolfo Lutz revelaram a existência do primeiro caso deste ano. Uma criança de 3 anos, moradora do bairro Jardim Monte Belo 1, morreu em 18 de junho por conta da doença, transmitida pelo carrapato-estrela. A outra vítima foi um homem, de 37 anos, que contraiu a doença durante uma pescaria no bairro Jardim Eulina, no final de maio. Dois amigos que o acompanhavam na ocasião também adoeceram, porém foram curados. Neste ano, a cidade registrou em torno de 200 notificações de febre maculosa, segundo a secretaria. No ano passado, houve 12 casos comprovados, com quatro mortes.

Mais conteúdo sobre:
febre maculosa Campinas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.