Campinas registra três casos suspeitos de febre maculosa

Foram registrados três casos suspeitos de febre maculosa, todos em moradores do Jardim Eulina, na cidade de Campinas, localizada a 100 quilômetros da capital paulista. Até agora, quatro moradores do local foram infectados pela doença, sendo que dois morreram e uma menina continua internada. O quarto paciente teve alta médica. Segundo a assessoria de imprensa da Secretaria Municipal de Saúde, as três pessoas foram internadas no Hospital de Clínicas (HC) da Unicamp. Buscas estão sendo feitas na região onde os pacientes residem com o objetivo de se capturar o carrapato-estrela, agente transmissor. Os sintomas da febre maculosa podem ser confundidos com os de outras doenças, como dengue e leptospirose. Somente exames laboratoriais podem confirmar a doença. Geralmente os infectados apresentam febre, dor no corpo e calafrios.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.