Campos do Jordão atrai mais turistas que Baixada Santista

Até domingo, Campos do Jordão deve receber cerca de 400 mil turistas. Na manhã de ontem, o trânsito foi intenso nas rodovias estaduais Carvalho Pinto e Floriano Rodrigues Pinheiro. Por volta das 10 horas, o fluxo de carros em direção a Campos do Jordão era de 35 carros por minuto. Por esse motivo, a fiscalização foi intensa, com 20 veículos e 60 policiais no trecho entre a capital e Campos do Jordão. Na chegada a Campos, o congestionamento começava três quilômetros antes do Portal de Entrada. Para chegar à praça do Capivari, no centro do município, o turista demorava cerca de 20 minutos. Mas o calor pegou de surpresa os turistas que aguardavam um clima com temperaturas menores que 10 graus. A temperatura por volta das 15 horas era de 20 graus. O feriado em Campos do Jordão é considerado um termômetro para a temporada de inverno na cidade, que começa em junho. "Pelo movimento que estamos tendo, poderemos bater recorde de público nesta temporada", avaliou o secretário de Turismo, Tércio Laurelli. Nas estradas, o acidente mais grave foi registrado na manhã de ontem, numa colisão entre uma motocicleta e um veículo de passeio. No choque, o motociclista José Lopes da Silva Júnior morreu na hora. Na Rodovia dos Tamoios (SP-99), acesso à Caraguatatuba, o trânsito manteve-se normal durante todo dia, sem acidentes graves. LitoralO tempo esteve bom, com muito sol e uma temperatura média em torno de 30 graus, mas o movimento nas praias da Baixada Santista ficou abaixo do esperado ontem. A movimentação maior era observada nas praias do litoral sul.

Agencia Estado,

31 de maio de 2002 | 10h16

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.