Câncer de pele é o que terá maior incidência em 2005

Dentre os tipos de câncer, o de pele não melanoma será o mais incidente no Brasil em 2005. O estudo Estimativa 2005 - Incidência por Câncer no Brasil, realizado pelo Instituto Nacional de Câncer (Inca) e divulgado nesta sexta-feira, estima que 467.440 novos casos deverão ocorrer no próximo ano, sendo 229.610 em homens e 273.830 em mulheres.No entanto, a preocupação continua a ser com o câncer de mama (com 49 mil novos casos) e cólo do útero (21 mil) entre as mulheres, e o de próstata (46 mil) e pulmão (17 mil), entre os homens, seguidos pelos cânceres do cólon, reto e estômago para ambos os sexos.Isso porque, apesar de deter a mais alta incidência no Brasil em ambos os sexos, o câncer de pele é considerado de baixa letalidade, embora possa causar deformidades físicas e ulcerações graves.Em março de 2005, o Ministério da Saúde irá lançar uma campanha de âmbito nacional feita pelo Inca para estimular a prevenção do câncer de pele.

Agencia Estado,

26 de novembro de 2004 | 15h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.