Candidato do PSOL pede cassação de registro de Lula

O candidato a deputado pelo PSOL de Minas Gerais Marcos Aurélio Paschoalin questionou no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a candidatura à reeleição do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. No documento enviado ao TSE, Paschoalin pede a cassação do registro da candidatura de Lula. Ele sustenta o pedido em supostos atos irregulares de Lula e de ministros de Estado que teriam lesado o patrimônio público. De acordo com Paschoalin, Lula teria cometido uma irregularidade, por exemplo, ao dar aumento diferenciado de remuneração para servidores públicos federais. O candidato também questiona os serviços de recuperação de estradas, denominados "Operação Tapa Buraco". Segundo o candidato a deputado, os serviços teriam sido contratados sem licitação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.