Candidatos à presidência fazem campanha na Bahia

Quatro candidatos à Presidência fazem campanha na Bahia neste fim de semana. Candidato à reeleição pelo PT, o presidente Lula, almoçou no Clube Cruz Vermelha, no Campo Grande, centro da cidade, e tem discurso programado para a tarde deste sábado na praça Castro Alves. Enquanto isso a senadora Heloísa Helena, candidata pelo PSOL, visitou durante a manhã o acampamento com cerca de 150 famílias de sem-teto, próximo à estação ferroviária, na Cidade Baixa, em Salvador. Heloísa fez caminhada entre o Largo dos Mares a Feira de São Joaquim, e prometeu investir R$ 12 milhões para os sem-teto do País caso seja eleita. Durante caminhada, ela voltou a falar em "combate firme à corrupção e geração de emprego". A senadora disse que "é um verdadeiro milagre" o crescimento que está obtendo nas pesquisas, e que "se cada um destes eleitores trouxer mais dois, estaremos no segundo turno". Feliz de estar na Bahia, disse aos barraqueiros que vai trabalhar por impostos mais justos e mais emprego para a população, "principalmente para os jovens de baixa renda", ressaltou. O candidato do PSDB, Geraldo Alckmin, visitou o interior do estado. Vai desembarcar em Juazeiro, às seis das tarde deste sábado, e depois vai a Ilhéus e Itabuna, onde tem agenda política às nove da noite. Na sexta-feira, o candidato do PDT, Cristovam Buarque, visitou o bairro do Curuzu, em Salvador, conheceu a sede do bloco Afro Ilê Ayê, a Escola do Ilê, e o projeto de educação que beneficia milhares de jovens do bairro da Liberdade. Cristovam disse que é favorável ao sistema de cotas. "Não é para beneficiar o jovem negro, mas para beneficiar à nação Brasileira", comentou ao defender as chamadas políticas afirmativas nas universidades. Neste sábado escolheu Jequié e Vitória da Conquista para pedir votos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.