Cão ajuda prender foragido do tiroteio em Sorocaba

Um integrante da quadrilha que trocou tiros com a polícia pela manhã na Rodovia Castelinho foi preso pela polícia na Rodovia SP-75, que liga Sorocaba a Campinas. Trata-se de Evaristo Abreu dos Santos, que cumpre pena em regime semi-aberto na colônia agrícola de Sorocaba. Ele estava numa Saveiro vermelha que apresentou problemas mecânicos. Um policial rodoviário parou para ajudar e acabou tendo sua arma roubada. O criminoso fugiu por um bambuzal, mas acabou preso pela polícia, graças a um cão farejador, um rottweiler do canil da PM de Campinas. Doze integrantes da quadrilha acabaram mortos em troca de tiros esta manhã na Rodovia Castelinho. Ainda estão sendo procurados outros dois integrantes da quadrilha. A polícia chegou até o marginal Evaristo Abreu dos Santos através dos policiais do canil da PM de Campinas. A informação era de que um dos participantes da quadrilha tinha fugido pelo meio do mato. Com um cão farejador foi localizada a primeira pista do marginal, um par de tênis que estava na mata. Em seguida, o cão localizou o fugitivo.Como medida de segurança foi feito um cerco com mais de 30 policiais na região e o marginal foi preso com uma pistola 9 milímetros. O cão farejador tem 7 anos e 8 meses e é bi-campeão brasileiro de competições de adestramento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.