Cão ataca senhora de 64 anos e é morto por policiais

Um cão, resultado do cruzamento das raças rottweiler e pit bull, atacou nesta quinta-feira, em Belo Horizonte, uma senhora de 64 anos, que teve o braço e a perna direita dilacerados pelas mordidas do animal. Após o incidente, o cão foi morto com dois tiros, segundo a Polícia Militar, porque teria tentado atacar os policiais.De acordo com testemunhas, o comerciante Ronaldo Silva da Cruz, de 30 anos, estava passeando com o cachorro quando a corrente se rompeu e o animal avançou sobre Ruth Silveira de Faria. Ela foi levada para o hospital e foi submetida a cirurgias para reconstituição dos membros. O estado de saúde dela é considerado estável.Segundo boletim da PM, o cão já teria feito outras vítimas, entre elas a mãe e a filha do dono, que foi indiciado por lesões corporais. Na capital mineira, uma lei municipal proíbe que cães circulem por vias públicas sem focinheira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.