Cãozinho defende dono de ataque de pitbull

O menino Gabriel Rodrigues de Souza, de 3 anos, foi salvo do ataque de um pitbull, na noite desta quarta-feira, quando andava com sua bicicletinha ao lado de sua mãe, na quadra 33 da Avenida Rodrigues Alves, zona leste da cidade.Segundo sua mãe, Elaine Santos Rodrigues, um cão pitbull correu em sua direção, mas foi interceptado pelo cãozinho da família, o cocker chamado "Half", que livrou a criança do ataque.Segundo a mulher, com toda a confusão, Gabriel caiu da bicicleta e foi socorrido por outras pessoas, que, em seguida, procuraram resgatar o cãozinho, que saiu com ferimentos no dorso e exige cuidados veterinários.O cão estava na rua porque, segundo populares, teria fugido de uma clinica veterinária existente nas proximidades, cujos responsáveis deverão ser chamados à polícia para prestar esclarecimentos.Apesar de haver uma lei municipal - colocada em vigor em 1999 por iniciativa do vereador José Eduardo Fernandes Ávila (PPB) - que proíbe a circulação de cães ferozes pelas ruas sem corrente e focinheira, têm sido freqüentes os acidentes com esses animais, pois a Prefeitura alega não ter condições de fiscalizar.

Agencia Estado,

14 de novembro de 2002 | 21h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.