Capotamento de caminhão mata quatro e fere 54

O transporte ilegal de passageiros na carroceria de caminhão e a irresponsabilidade de um motorista provocaram mais um grave acidente em uma estrada baiana, matando quatro e ferindo 54 pessoas. Pelo menos 45 feridos permaneciam internados em quatro hospitais dos municípios de Eunápolis e Porto Seguro, no extremo sul da Bahia. O acidente ocorreu na tarde de ontem no quilômetro 709 da rodovia BR-101, trecho do município de Eunápolis. No domingo de sol, o grupo de 60 moradores seguia de Eunápolis para a cidade vizinha de Mundo Novo para assistir a um jogo de futebol.A maioria estava na carroceria do caminhão Mercedes Benz, placa JLV-7479, conduzido pelo motorista Nestor Teixeira Castro, de 61 anos. Ele perdeu o controle numa curva provocando o capotamento do veículo. As pessoas que viajavam na carroceria foram lançadas na pista. A cabine ficou completamente retorcida matando Castro e os caronas, Renato Ribeiro dos Santos, 57 anos, e Iuri Rocha dos Santos, de 5 anos. Gilmar Jesus Rocha, de 15 anos, que viajava na carroceria, bateu com a cabeça no solo e também morreu.Pelo menos dois sobreviventes disseram que o motorista Castro estaria dirigindo embriagado. Oziel Moreira Rodrigues, de 20 anos, disse ter visto o motorista beber enquanto dirigia. Wilson Dutra confirmou que Castro fazia zigue-zague na pista pouco antes do acidente. Os feridos foram conduzidos para os hospitais José Ramos e Geral, de Eunápolis, e das Clínicas e Luís Eduardo Magalhães, de Porto Seguro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.