Carcereiro e assaltante morrem durante tiroteio em Santo André

O carcereiro José Paulo Soares, que trabalhava no 4º Distrito Policial de Santo André, na Grande São Paulo, foi morto, por volta das 20h de quinta-feira, ao reagir a um assalto do qual foi vítima quando chegava em casa em seu Gol, no Jardim Pinheirinho, naquele mesmo município.Os bandidos, identificados como Michel de Oliveira Souza, de 29 anos, que havia recebido alvará de soltura há pouco tempo, e o irmão dele, Wellington Oliveira Souza, de 27 anos, armados com uma pistola calibre 380, ocupavam um Gol branco e abordaram o policial, do qual iriam levar o carro. José Paulo sacou sua arma e teve início o tiroteio.Michel foi ferido por um tiro, mas atingiu o carcereiro duas vezes no peito. Ambos foram encaminhados ao pronto-socorro central da cidade, onde morreram. Ao volante do Gol do irmão, Wellington acabou preso por policiais militares que faziam patrulhamento pela região e ouviram os disparos. O caso foi registrado como latrocínio no 1º Distrito Policial de Santo André.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.