Cardeal de São Paulo lê mensagem de paz enviada pelo papa

O papa João Paulo II enviou uma carta desejando paz, misericórdia e graça à cidade de São Paulo, na comemoração dos 450 anos da capital paulista. A mensagem foi lida no início da tarde de hoje, durante missa comemorativa na Catedral da Sé, pelo núncio apostólico no Brasil (espécie de embaixador do Vaticano), Dom Lorenzo Baldisseri, e pelo cardeal arcebispo de São Paulo, Dom Cláudio Hummes. Participam também da celebração o cardeal arcebispo emérito do Rio de Janeiro, Dom Eugênio Salles; o cardeal arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Eusébio Oscar Scheid; e o cardeal arcebispo de Salvador e presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Dom Geraldo Majella Agnelo. O cardeal arcebispo emérito de São Paulo, Dom Paulo Evaristo Arns, não compareceu ao evento por problemas de saúde. Entre as autoridades políticas presentes, o governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, a prefeita de São Paulo, Marta Suplicy, o presidente em exercício, José Alencar, o ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, o ministro das Cidades, Olívio Dutra, o ministro interino do Turismo, Milton Zuanazzi, e os senadores Eduardo Suplicy (PT-SP) e Romeu Tuma (PL-SP). A missa faz parte da segunda etapa de comemorações das festividades do aniversário da cidade. Pela manhã, foi inaugurada a placa de restauração do monumento "Glória Imortal", dos fundadores da cidade, e também comemorou-se a chegada da relíquia contendo fragmentos do fêmur de José de Anchieta.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.