Carga altamente tóxica e inflamável é roubada em São Paulo

A polícia paulista está à procura de um tanque contendo uma carga altamente inflamável e tóxica, que foi roubado, na Capital, na última quarta-feira. A principal preocupação é o perigo de explosão do Sulfeto de Carbono, líquido que se encontra no tanque. Produzido pela empresa ICI Argentina e comprado por uma empresa paulistana, esse líquido é considerado uma verdadeira bomba. Podendo explodir e causar uma catástrofes tanto à saúde humana quanto ambiental, se for manipulado por pessoas inexperientes e que desconheçam seu grau de periculosidade.O assalto ocorreu na Marginal do Tietê, nas proximidades da Ponte do Piqueri, entre a Freguesia do Ó e Pirituba, na zona oeste da capital paulista. Os ladrões roubaram o cavalo mecânico e a carreta tanque Volvo, de placa DKC 276, pertence à empresa de transportes FJW, cuja sigla está pintada nas laterais do tanque. O cavalo mecânico foi localizado, na quinta-feira, mas os criminosos continuam em posse do tanque, possivelmente acreditando tratar-se de combustível.O caso foi registrado no Deic. Tanto a Policia Civil quanto o Corpo de Bombeiros da Grande São Paulo estão em alerta na expectativa de qualquer informação sobre a localização desse caminhão-tanque. Foram disponibilizados para que a população os números de telefone DDG (discagem direta gratuita) 0800 0111 767 - 0800 7071 767 - 0800 7711 767(Central Nacional de Atendimento 24h SOS COTEC). Também são aguardadas denúncias pelo telefone 6221 1711, da Polícia Civil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.