Carnaval alemão satiriza Bush e o papa Bento XVI

Carros alegóricos ridicularizando políticos e outras pessoas famosas têm uma longa tradição no carnaval alemão. Entre os alvos dos carnavalescos neste ano estão o presidente George W. Bush e o papa Bento XVI. Os carros alegóricos têm até seis metros de altura e fazem parte nos corsos que desfilam por cidades como Colônia, Dusseldorf e Mainz. Neste domingo foram apresentados os carros que estarão nesta segunda-feira,19, no desfile de carnaval na cidade de Mainz, perto de Franfurt. A cidade às margens do Reno tem um dos maiores desfiles da Alemanha, que dura cinco horas e atrai todos os anos meio milhão de turistas. Em um dos carros alegóricos, George W. Bush é mostrado sem calças apanhando da estátua da liberdade. O papa Bento XVI também não escapa do humor carnavalesco, e é mostrado ao volante do papamóvel, que ´bateu´ no minarete de uma mesquita islâmica. A caricatura sobre rodas lembra o discurso do papa durante sua visita à Alemanha, que causou protestos em vários países de religião muçulmana. Os carros alegóricos mostram o lado político do carnaval alemão, que existe desde a origem da festa no país. Ainda nesta segunda, vários grupos desfilam trajando uniformes tradicionais do exército e da cavalaria, o que os carnavalescos faziam antigamente para troçar dos militares.

Agencia Estado,

19 Fevereiro 2007 | 10h59

Mais conteúdo sobre:
carnaval carnaval 2007

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.