Carnaval no Ceará tem alerta para sarampo

Estado já registra 32 casos da doença apenas neste ano

Lauriberto Braga, Especial para O Estado

14 de fevereiro de 2015 | 13h53

FORTALEZA - O Ceará passa o carnaval combatendo um surto de sarampo. Este ano já foram confirmados 32 casos da doença no Estado. As autoridades de Saúde alertam para a necessidade da vacina, que está sendo aplicada durante o período carnavalesco. A Secretaria de Saúde do Ceará investiga outros 68 casos suspeitos de sarampo este ano.


O surto começou em dezembro de 2013 e de lá para cá já são 728 casos confirmados no Ceará. Fortaleza lidera o ranking da doença com 341 casos. Em seguida vem Massapê com 127 casos; Sobral com 83; Uruburetama com 61; e Caucaia com 27.


O Ministério da Saúde e a Secretaria da Saúde do Ceará alertam municípios cearenses, hospitais, clínicas, unidades de saúde, laboratórios, portos, aeroportos, municípios limites com outros Estados sobre orientações de detecção, diagnóstico e medidas de prevenção e controle do sarampo. "É importante salientar que outras doenças também causam exantema, como escarlatina, dengue, exantema súbito (crianças até dois anos), eritema infeccioso, enteroviroses (coxsackie e echo), portanto, as notificações de casos suspeitos devem continuar", destaca comunicado da Secretaria de Saúde do Ceará.


O sarampo é uma doença viral grave. Ela é infecciosa aguda e contagiosa. A transmissão é de pessoa para pessoa, através de secreções.

Tudo o que sabemos sobre:
Sarampo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.