Carro da Marinha cai na Baía de Guanabara. Dois desaparecidos

Um carro que levava para casa cinco funcionários civis do Arsenal de Marinha, na Ilha das Cobras, caiu na Baía de Guanabara, nesta quinta-feira à tarde. Até as 20 horas, duas pessoas continuavam desaparecidas. De acordo com a Marinha, o carro se desgovernou quando estava sobre a ponte que liga a ilha ao 1.º Distrito Naval, no continente, por volta das 17 horas.O Pointer atravessou a grade de proteção, despencando de uma altura de dez metros. Após cair sobre pedras, o veículo afundou no baía. A profundidade da água no local é de dez metros.Três pessoas conseguiram escapar quebrando os vidros das janelas do carro. Elas foram atendidas no hospital do arsenal, com hematomas, mas passam bem. Apoiados por três lanchas do Corpo de Bombeiros e botes, oito mergulhadores da Marinha participavam das buscas, que prosseguiriam à noite com holofotes. Eles encontraram o carro, mas não havia ninguém dentro. Os nomes das vítimas não foram divulgados pela Marinha, que alegou querer preservar as famílias."Não sabemos ainda o motivo pelo qual o carro se desgovernou. Isso vai ser apurado no Inquérito Policial Militar que investigará o acidente", disse o capitão-de-corveta Macedo Júnior, encarregado do setor de Comunicação Social do distrito. Ele disse que os funcionários tinham acabado de deixar o expediente e negou que eles tivessem participado de qualquer confraternização na qual pudessem ter consumido bebidas alcoólicas. Ontem foi o último dia de trabalho no arsenal antes do recesso de fim de ano, que vai até 3 de janeiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.