Carro do vocalista do Detonautas é atingido por tiro no Rio

Apenas dois dias após promover um protesto pela paz no Rio de Janeiro, o vocalista da banda Detonautas, Tico Santa Cruz, encontrou uma marca de tiro na lataria de seu carro na noite de domingo, 18. Segundo testemunhas, a mulher do cantor, que esteve com o carro durante todo o dia, não ouviu o barulho do tiro que atingiu o veículo. A bala só foi encontrada à noite por Santa Cruz., que registrou a ocorrência na 16º Distrito Policial (DP), na Barra da Tijuca. O carro foi encaminhado para a perícia. O protesto contra a violência realizado na sexta-feira, 16, reuniu cerca de 30 pessoas nas escadarias da Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro. Os manifestantes espalharam tinta vermelha pelos degraus, representando o sangue das vítimas da criminalidade. Um dos integrantes da banda foi assassinado no ano passado. Rodrigo Netto, de 29 anos, guitarrista do grupo, foi morto em uma tentativa de assalto na Avenida Marechal Rondon, no Rocha, zona borte do Rio. Ele estava dirigindo um Astra, acompanhado do irmão, Rafael Netto, 31 anos, e da avó. Um outro Astra teria emparelhado com o carro de Rodrigo, na tentativa de roubá-lo. O guitarrista acelerou, para tentar fugir, e os bandidos atiraram.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.