Carro na pista provoca acidente fatal na Anhangüera

Um carro parado no KM 17 da Via Anhangüera, após um atropelamento, provocou um outro acidente ? desta vez com uma vítima fatal - na madrugada deste sábado. Um caminhão que trafegava na pista freou ao perceber que o veículo estava estacionado na pista e outro caminhão colidiu com sua traseira. A vitima fatal é um policial militar que viajava de carona no caminhão.Dirigindo seu Peugeot 206 azul, a estudante Fernanda Miranda, de 21 anos, retornava de um jantar para casa, no bairro do Jaraguá. No carro estavam também a mãe de Fernanda e um casal amigo. De repente, naquele trecho, no bairro de Pirituba, foi surpreendida por um homem que saltou da amurada que separa as pistas e caiu em frente ao veículo. Ela não conseguiu evitar o atropelamento e a vítima foi lançada para o alto, caindo no pára-brisa que se partiu, ferindo a motorista na face.Com traumatismo craniano e fraturas nos pés e pernas, o atropelado foi socorrido pelo resgate da Autoban, em estado grave, e levado para o Hospital Regional de Osasco. Fernanda também foi removida para o Hospital São Camilo, na Vila Pompéia, onde ficou em observação. Os demais passageiros do Peugeot não se feriram.Funcionários da concessionária sinalizaram o local onde o carro ficou parado, interditando a pista da esquerda, onde geralmente os veículos desenvolvem maior velocidade. O limite, naquela via, é de 100 km/h e aos caminhões é proibido trafegar pela esquerda. Essas normas, porém, não foram respeitadas e um caminhão em alta velocidade foi em direção à sinalização da pista. Brecou em cima do sinal e conseguiu evitar a colisão com o Peugeot.Mas um caminhão que vinha logo atrás, cujo motorista levava de carona o PM Giuliano Gomes da Silva, de 30 anos, lotado no 1º BPMM, não parou e a colisão foi inevitável. O policial morreu na pista e o motorista, depois de ficar por algum tempo preso nas ferragens foi socorrido pelo resgate do Corpo de Bombeiros, em estado grave, e levado para um hospital da região. O inquérito foi instaurado no 33º DP ? Vila Mangalot.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.