Carro roubado colide de frente com viatura policial

Dirigindo na contramão, pela Rua Chico Pontes, no Carandiru, zona Norte da capital, segunda-feira à noite, dois ladrões, que haviam roubado um auto Corsa de cor prata, acabaram colidindo frontalmente contra uma viatura do 5º BPMM. Os policiais tinham sido acionados pelo Copom para atender a uma tentativa de roubo, com agressão a tiros, praticada pela mesma dupla no mesmo bairro. Tanto os assaltantes quanto os policiais militares sofreram ferimentos leves e foram medicados no PS de Santana.Para não levantar suspeitas, Welber da Silva Lima, de 19 anos, e um adolescente de 14 anos, portavam uma caixa com efeites natalinos, na qual estava escondido um revólver de calibe 38. Próximo ao número 660 da Rua Cássio de Almeida, viram Thiago Maurício da Silva, de 18 anos, ao lado de um auto Voyage e, ameaçando-o, exigiram que entregasse o veículo. Em vão o rapaz argumentou que não era dono do carro e que estava ali por acaso. Insistindo para que lhes entregasse as chaves, um dos assaltantes disparou o revólver e atingiu-o no abdome. Fugiram à pé, procurarando outro carro para roubar. Mais tarde, Thiago foi socorrido ao PS de Vila Maria, onde está internado, fora de perigo.Próximo do local do primeiro assalto, na Av. Nadir Dias de Figueiredo, Welber e o comparsa adolescente avistaram a grávida Marli Simione, de 36 anos, entrando em seu Corsa de cor prata. Retiraram-na à força do veículo e fugiram em alta velocidade. Mesmo feridos, durante a colisão, os PMs Souza e Pousa, dominaram a dupla de ladrões até que chegasse o reforço policial. Só então os quatro - ladrões e soldados - foram socorridos. Depois de medicados, os marginais foram levados ao 9º DP - Carandiru, onde Welber foi autuado em flagrante por tentativa de latrocínio, lesão corporal, roubo e corrupção de menor. O adolescente foi encaminhado para a Febem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.