AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

Cartão de Zona Azul fora do carro dá multa

Desde de segunda-feira é proibido deixar o cartão de Zona Azul fora do veículo. Quem desobedecer a determinação da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) será multado em R$ 56,30 ? o mesmo valor para quem estaciona sem o cartão. O objetivo da medida é reduzir o comércio de talões falsos ou reutilizados. ?Hoje (segunda) nenhum motorista foi multado. Durante a fiscalização em vários pontos da cidade constatamos alto índice de obediência?, comentou o engenheiro da CET Dario Gonsalez, especialista em estacionamento rotativo (Zona Azul). ?Na região do Mercado, onde observávamos irregularidades com mais freqüência, verificamos que os cartões estavam todos dentro dos veículos?, disse. ?Nessa área, nem bem o motorista estacionava o carro vinha um cambista e pendurava um cartão do lado de fora, impedindo a compra nos postos autorizados.? Enquanto esses locais cobram R$ 1,80 por uma folha de estacionamento, os cambistas vendiam por R$ 2,50 ou R$ 3,00. ?Além de pagar mais caro, o motorista comprava uma folha falsa ou reaproveitada?, disse Gonsalez. ?Era uma concorrência desleal?. Segundo o engenheiro, o objetivo da CET não é multar, mas sim inibir o comércio ilegal. Manifestação ? ?Há um mês, iniciamos uma campanha de esclarecimento, informando as irregularidades cometidas pelos cambistas e os prejuízos que elas trazem aos motoristas?. Funcionários da CET realizam nesta terça-feira manifestação em frente ao prédio da Secretaria Municipal dos Transportes. Eles querem que o secretário Carlos Zarattini apresente uma nova proposta de reajuste salarial.? O que nos foi oferecido é muito abaixo do que reivindicamos?, disse Daniel de Paula, diretor do Sindiviários, que representa os funcionários da CET.

Agencia Estado,

21 de maio de 2002 | 01h19

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.