Cartas

Ambulantes em situação legalA Prefeitura não retirou ainda as bancas da calçada do Detran, no Ibirapuera, que ocupam quase todo o espaço e nos impedem de caminhar. A calçada, reformada há três anos, está muito suja. O local tem tráfego intenso e restringir o passeio é perigoso. NELSON J. ZOVICOSão PauloA Sub da Vila Mariana responde: "As bancas têm Termo de Permissão de Uso, ou seja, estão em situação regular. Esta subprefeitura faz, com as polícias civil e militar, operações diárias de combate ao comércio ambulante em vários pontos dos bairros da Saúde, da Vila Mariana e de Moema. Já no caso das adjacências do Detran e do Parque do Ibirapuera, a fiscalização é feita pela Guarda Civil Metropolitana, que age com rigor na retirada de vendedores irregulares. A varrição é constante, mas, diante da queixa, vamos intensificá-la. O entorno do Detran é ponto viciado de descarte de lixo e entulho, mas estamos atentos e removemos semanalmente lixo jogado no local e em outros pontos viciados de descarte. Pedimos à população que fique atenta e não jogue lixo no chão, contribuindo para uma cidade melhor."Para sua informação: A lei 13.430 de 13/9/2002 instituiu o Plano Diretor Estratégico, instrumento de política de desenvolvimento urbano para os agentes públicos e privados que atuam em São Paulo. O art. 116 diz que os passeios, como parte integrante da via pública, e as vias de pedestres se destinam exclusivamente à circulação de pessoas com segurança e conforto e seu uso deve ser objeto de lei específica. Permissão de Uso é o ato pelo qual se faculta ao particular o uso individual de um bem público. Esgoto, lixo e mato Não é só no verão que vemos fezes sair dos esgotos da Praia das Astúrias, no Guarujá (SP). Ontem (carta de 21/8) havia fezes na praia, em frente ao edifício La Caravelle.MIRTA GUBETTAGuarujáA prefeitura responde: "Segundo a Secretaria das Administradoras Regionais, todos os pontos de vazamento nas Astúrias foram resolvidos. A nossa equipe de ?caça esgoto?, pertencente à Secretaria Municipal do Meio Ambiente, notificou a Sabesp, que fez os reparos. A Regional Centro atende as praias de Astúrias, Tombo, Pitangueiras e Guaiúba, além de Santa Cruz dos Navegantes e Jardim Las Palmas."A Sabesp Baixada responde: No dia 21/8, um problema elétrico no sistema de bombeamento de esgoto nas Astúrias provocou sobrecarga nos poços de visitas, mas foi resolvido no mesmo dia. No local há galerias de águas pluviais, onde são lançadas águas do lençol freático e de chuvas, que podem ser confundidas com esgoto."A leitora comenta:Obrigada pelo rápido retorno, mas aviso que a equipe "caça esgoto" anda distraída, já que o turista acaba encontrando na praia o que não deveria. O problema relatado é recorrente. Peço à prefeitura de Campos do Jordão que regularize as ruas de terra que dão acesso ao Jardim Manancial, em Capivari, pois, desde o início do ano, obras da Sabesp prejudicam o acesso dos moradores. Fiz vários pedidos e um funcionário da prefeitura busca soluções com boa-vontade, mas carece de recursos. É inconcebível que uma cidade que cobra um imposto tão alto não ofereça ao cidadão serviços de qualidade. Ao prestigiar o Festival de Inverno, atolamos num Festival de Inferno. LUIZ FRANCISCO COUTO ROMEOSão PauloA prefeitura responde: "Recentemente renovamos contrato com a Sabesp, que iniciou uma série de melhorias, como a construção de rede de esgoto em 100% da cidade e de uma estação de tratamento de esgoto. Pela importância ambiental do Jardim Manancial, pedimos urgência na construção da rede de esgoto. A Sabesp reafirma o compromisso de deixar as ruas em ótimo estado. Técnicos vão inspecionar o local." Moro na Rua Artur Sabóia, na Aclimação, onde o entulho se acumula e o mato cresce no morro junto à descida em curva da Rua Eduardo Amaro para a Avenida Armando Ferrentini. Nem a Limpurb nem a subprefeitura tomam providências. Peço que limpem o local com periodicidade, pois no morro há uma escada usada pelos pedestres para chegar à Rua Nicolau de Souza Queiroz - e não faz sentido que eles andem em meio ao lixo e ao matagal.GUILHERME SANTINI TEODOROSão PauloA Subprefeitura da Vila Mariana respondeu em 31/7 que entulho e mato seriam retirados e o leitor informa que o mato foi cortado, mas o entulho continua lá.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.