Cartas

Esgoto a céu abertoGostaria de aproveitar o espaço e fazer uma reclamação para a Prefeitura. Onde moro há um córrego que causa mau cheiro, invasão de ratos e baratas no prédio que fica ao lado. Já fiz inúmeras reclamações e fui informada de que a canalização do córrego está "em licitação" Só que já se passaram dois anos! E, antes de minha família se mudar para lá, os moradores já tinham reclamado! O córrego existe há uns 15 anos, mais ou menos, e o boato que corre é de que consta como canalizado na Prefeitura. Se for verdade, a verba destinada foi para sabe quem... Vocês da coluna poderiam me ajudar a agilizar esse processo e contatar alguém da Subprefeitura de Santo Amaro que possa esclarecer o que ocorre? Passamos o verão com mosquitos e com medo de contrair dengue, fora os ratos no estacionamento e o cheiro de fossa que invade os apartamentos! Minha maior preocupação são com meus bebês e com o verão que se aproxima, porque, com o aumento da temperatura, aparecem todo o tipo de insetos, ratos, baratas e aumenta o mau cheiro. O córrego é chamado de Córrego da Macumba, ou algo assim, e fica entre a Avenida Interlagos, atrás do prédio da Rua Joaquim Carlos Klein, no bairro Santo Amaro.MARINA MOUDATSOSSão PauloESCLARECIMENTO: A reclamação da leitora foi enviada ao jornal em 22/9. Ela foi encaminhada no mesmo dia para a Subprefeitura de Santo Amaro. Em 15/10, o e-mail foi enviado para a Subprefeitura da Sé. Nenhuma das duas retornou os contatos da coluna São Paulo Reclama. Multa por que mesmo?Sou deficiente físico e tenho carteira de habilitação especial. Em 24/9, fui multado "por dirigir com fones de ouvido ou telefone celular" na Avenida Jornalista Roberto Marinho, às 12h10. Na verdade, eu não possuo celular. O que ocorreu foi que eu questionei por que policiais militares estavam a 10 km/h pela pista da esquerda da avenida, atrapalhando o trânsito. O policial respondeu que estava à procura de um ladrão do outro lado da avenida. Ora, por que eles não trafegavam na avenida do lado correto? Eles ficaram sem resposta. Bravos, a réplica (multa) foi rápida, destemperada, baixa e ilegal. Mal sabem que eu jamais tive um celular, como podem comprovar com as operadoras. Eu, como cidadão, venho denunciar os tais maus policiais e torcer para que a Corregedoria abra processo administrativo disciplinar contra eles, para investigar as circunstâncias do fato. Assim espero que a sociedade se mobilize para denunciar os maus policiais.LUIZ RICARDO DE O. E. C. DE MELLOSão PauloA Polícia Militar esclarece que a conduta descrita não encontra nenhum respaldo técnico, e a missiva será remetida ao comando responsável para investigação do ocorrido e para tomar providências que eventualmente se fizerem necessárias, caso seja comprovada a ação incorreta por parte dos policiais militares. A população pode continuar ajudando, transmitindo informações a respeito de irregularidades e crimes por meio do telefone 190, do Disque PM (0800 0555 190), do Fale Conosco PM no site www.polmil.sp.gov.br ou do Disque Denúncia 181. Não voe fácilNo site da GOL divulgam o cartão Voe Fácil GOL, para o pagamento facilitado de passagens aéreas. Cadastrei-me pela internet no início do mês de outubro. Aprovaram dois dias depois e recebi ligações da empresa para a confirmação de dados, como é de praxe. No entanto, até o dia 27/10, não recebi nenhum cartão. Gostaria de viajar no final do ano, mas, sem o cartão, é impossível marcar a passagem. Os preços, desde que fiz a primeira consulta, dispararam. Tentei marcar a passagem para segurar o preço sem ter recebido o cartão, mas a atendente disse que não poderia fazê-lo. O prazo de entrega do cartão GOL é de 15 dias úteis e, caso ele não chegue (o prazo terminava em 28/10), o cliente deve contatá-los. A GOL enviaria outro com prazo de entrega de mais 15 dias úteis. Posso solicitar a reserva da passagem sem o cartão?ELIANNA SILVA São PauloA GOL informa ter entrado em contato com a sra. Elianna e enviado o cartão à casa da cliente.A leitora responde: Na sexta-feira, dia 31/10, recebi o cartão. Imediatamente telefonei para desbloqueá-lo. Mas não pude fazê-lo e a atendente não soube explicar o porquê. Ela iria abrir um protocolo e na "segunda-feira alguém entraria em contato". Parece brincadeira, toda essa burocracia para fazer uma compra de passagens pelo sistema de financiamento da GOL tão amplamente divulgado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.