Cartas

Falta fiscalizaçãoConcordo inteiramente com as reclamações do sr. Dallari (Carros na calçada, 3/12). A CET não fiscaliza nenhuma rua no Itaim Bibi nem mesmo se você "se matar" de fazer reclamações no telefone 156. Na Rua Professor Tamandaré Toledo, que é uma rua estreita, é proibido estacionar do lado direito. Mas os dois lados ficam totalmente ocupados desde quarta-feira à noite. Às vezes até trancam garagens, com a insuportável presença dos "flanelinhas", e, mesmo com as reclamações de todos os moradores, nada é feito. Raríssimas são as vezes em que um agente da CET aparece e multa os infratores, e esse é o típico local em que, com fiscalização constante, as infrações diminuiriam significativamente, pois são sempre os mesmos freqüentadores.V. E.São PauloAdele Claudia Nabhan, do Departamento de Imprensa da CET, informa que agentes da CET fiscalizam periodicamente a Rua Professor Tamandaré Toledo, principalmente no período noturno. Esclarece que durante os meses de outubro e novembro deste ano foram realizadas 60 autuações de veículos estacionados irregularmente. E acrescenta que a fiscalização no local continuará. A leitora contesta: Em relação à resposta da CET, só posso lamentar. Autuar 60 carros em dois meses é uma piada! Esse é o número de carros estacionados irregularmente em apenas duas noites! No lugar da resposta burocrática recebida pela Assessoria de Imprensa da CET, eu esperava, no mínimo, um aumento da fiscalização e ampliação do número de placas sinalizando que é proibido estacionar no local.Sujeira oficialUm terreno da Subprefeitura da Vila Mariana, que fica em frente ao edifício onde moro, vive cheio de lixo. Além disso, há o perigo de se tornar criadouro de mosquitos transmissores da dengue por causa dos pneus velhos e galões que podem acumular água. A subprefeitura alega que são feitas limpezas periódicas e dedetizações, mas a periodicidade deixa muito a desejar, pois, passado algum tempo, a situação não mudou muito.CAMILA TOLEDOSão PauloPaola Martins, da Assessoria de Comunicação da Subprefeitura da Vila Mariana, informa que o terreno da subprefeitura é usado como depósito de materiais de apreensão. Diz que, mesmo com uma grande rotatividade de materiais apreendidos, ele é limpo periodicamente. "Os materiais que chegam são separados para serem encaminhados às empresas de reciclagem ou levados para doações. O outro terreno, onde havia uma feira livre, também passa pelos mesmos serviços de limpeza e remoção. No dia 17/12 a subprefeitura providenciou a limpeza do local e o serviço terá continuidade." Monumentos da cidadeA Votorantim, em comemoração aos 90 anos do grupo, está presenteando a cidade de São Paulo de forma louvável, com o restauro de aproximadamente 300 monumentos. No entanto quero deixar claro que não se trata de uma crítica, mas, sim, de uma constatação: o Monumento às Bandeiras, no Parque do Ibirapuera, que é certamente um dos mais visitados, tanto por brasileiros quanto por estrangeiros, deixou de receber o tratamento adequado, ou seja, o restauro ficou pela metade. As luminárias, por exemplo, são inadequadas para o monumento e foram e pessimamente conservadas. Deixo não apenas um recado à Votorantim, mas também à Prefeitura, que poderia cuidar melhor da segurança permanente desse magnífico trabalho, como do paisagismo dos arredores. De qualquer forma, parabéns à Votorantim! Continue prestigiando a nossa cidade!OTAVIO CAMBIAGHISão PauloFora do arTenho, lamentavelmente, os serviços da NET para TV e internet, e os dois estão fora do ar há dias e ninguém resolve o problema. Primeiro a empresa disse ser um problema da rede externa; agora dizem que um técnico tem de ir a minha casa pois o problema é interno. Foi agendada uma visita para a manhã de 11/12, mas o técnico não veio. Liguei de novo para a empresa, e ela marcou para o dia 12/12. A NET deve estar brincando com os clientes ou deve ter clientes demais, então um a mais ou um a menos não fará falta. É um absurdo o que fazem com os assinantes, é um desrespeito e demonstra a falta de fiscalização do poder público para esse serviço.LUIZ SÉRGIO STEINECKESão PauloFernanda Piccablotto, da Gestão de Clientes da NET-SP, diz que a empresa agendou, com o leitor, visita técnica para o dia 18/12.O leitor contesta: o problema foi resolvido somente no dia 19/12.

, O Estadao de S.Paulo

26 de dezembro de 2008 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.