Cartas

Crédito da Nota Fiscal PaulistaVenho exigindo Nota Fiscal Paulista (NFP) há um bom tempo e solicitei que transferissem o saldo para abater no IPVA. Eis minha surpresa quando chegou o valor do crédito: R$ 84. Ao consultar meu extrato, a maioria das notas consta como "a calcular!" Caso a Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo continue retendo os valores devidos, não irei mais pedir Nota Fiscal com CPF, pois não vale a pena ter todo este trabalho por quase um ano para obter um crédito que equivale à média de R$ 6,50 mensais! Eu tenho mais o que fazer! Tenho certeza de que a maioria dos cidadãos se sente ludibriada com toda essa publicidade das vantagens da Nota Fiscal Paulista!LAURO FUJIHARACarapicuíbaA Assessoria de Comunicação da Secretaria da Fazenda do Estado São Paulo informa que o abatimento dos créditos da Nota Fiscal Paulista no IPVA considera o valor acumulado até outubro, quando o contribuinte teve que fazer a opção. Até essa data, o sr. Fujihara havia acumulado R$ 87,62, descontados do valor de seu imposto. A Secretaria não faz a retenção de créditos. Já se encontram disponíveis para consulta os créditos das notas relativas até o mês de setembro. Até o final de janeiro, os consumidores já terão lançados os créditos das notas do mês de outubro, esclarece. Os créditos da NFP são a devolução aos consumidores de parte do imposto pago em suas compras, constituindo-se uma ação de redução da carga tributária para todos que exigirem a Nota Fiscal com CPF. Além da devolução em créditos, a NFP permite ainda aos consumidores que concorram a prêmios mensais em dinheiro.Multa indevidaRecebi uma multa por evasão de pedágio, mas sou mensalista do serviço Sem Parar e pago todas as contas em dia. Há seis meses tento uma solução, em vão. O Grupo STP disse ter solicitado o cancelamento no DER, mas, como previsto, chegou o meu IPVA com a multa que o Sem Parar me impôs. Como devo proceder? Tenho os pontos recebidos na minha carteira e a multa de quase R$ 130 que, se não pagar, não conseguirei liberar meu IPVA! Tenho uma sugestão: o Sem Parar me dá um crédito no valor da multa e eu esqueço os pontos. Eu paro de escrever para a empresa e saio com um pouco menos de prejuízo. Acho bem razoável para os dois lados.RENATA CENTURION SCHNACKSão PauloO gerente de Atendimento ao Cliente Sem Parar/Via Fácil, Bartolomeu Corrêa, esclarece que a empresa providenciou o reembolso do valor da multa, em 7/1, por meio de depósito na conta corrente e que entrou em contato com a cliente para deixá-la ciente do reembolso, encaminhando o comprovante de depósito por e-mail. Quanto ao cancelamento da multa, esclarece, a empresa encaminhou a solicitação ao DER em julho de 2008 e aguarda a resposta por parte do órgão.A leitora contesta: Após intervenção da Coluna, finalmente consegui resolver a situação. Apesar dos pontos na carteira, pelo menos deixei de ser ignorada pela empresa após sete meses de insistência com relação à multa indevida.Programa de milhagemInscrevi-me há alguns anos no programa de milhagens Smiles da Varig. Nunca utilizei os créditos, e agora resolvi fazê-lo. O site informa que a emissão de bilhetes está sendo realizada exclusivamente pela Central de Relacionamento. O problema é que não consigo falar com a Central. Já tentei diversas vezes no telefone informado, mas sempre ouço a seguinte mensagem: "Todas as nossas linhas estão ocupadas. Por favor, tente mais tarde." Já viajei diversas vezes pela Gol e estou indignada com o descaso que estão tratando seus clientes recentemente "adquiridos". Acho que seria mais honesto da parte da empresa pôr a seguinte mensagem: "Senhores clientes, desculpem-nos o transtorno, estamos arrumando a casa."LUCIANA MIQUELETOSão PauloTenho o cartão Prata do programa Smiles. Possuo uma quantidade grande de pontos e quero utilizá-los, mas não consigo. Há quase um mês tento falar com a Central de Atendimento, mas ninguém atende. Já fiquei na linha por mais de duas horas e já liguei em horários diferentes. Fui diretamente ao aeroporto para emitir meu bilhete e fui informada de que, para emissão de bilhetes Smiles, só é possível na Central de Atendimento por telefone. Se o Smiles não pode mais oferecer os bilhetes prêmio, por que então a empresa não avisa os usuários de que tudo não passa de uma grande enganação? Vi que é possível emitir os bilhetes pelo site, mas para pagar a taxa de embarque é preciso entrar em contato com a Central de Atendimento. Isso é uma brincadeira? MARIA FERNANDA DUARTE São Paulo

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.