Cartas

Na malha finaTrabalhei na Mercedes-Benz, unidade Campinas, no período de 1978 a 1995. Após a minha saída, entrei com um pedido judicial a respeito de adicional de periculosidade. Em 2000 recebi uma quantia como sendo relativa à condenação da empresa. O problema é que, segundo a Secretaria da Receita Federal, a empresa teria pago outra quantia referente ao mesmo processo, porém em 2004. Entrei em contato com o departamento de Recursos Humanos da Mercedes, que me garantiu que houve, sim, o pagamento em 2004. Mas nenhum valor chegou em minhas mãos nesse período. E agora a Receita Federal me intimou por omissão de rendimentos, e eu não sei a quem recorrer. Se a empresa me pagou, porque eu não recebi tal valor? Quem recebeu e onde está o dinheiro? LEONARDO DE OLIVEIRAMogi-GuaçuO assessor de imprensa da Secretaria da Receita Federal, Mauro Panella, informa que se trata de declaração retida em malha, por incompatibilidade entre os dados declarados pelo contribuinte e os dados declarados pela fonte pagadora. O sr. Oliveira deve apresentar por escrito à Receita Federal as razões de sua discordância com o teor da notificação que recebeu, apresentando os elementos de prova de que disponha, dentro do prazo que lhe foi informado na notificação. Os autos da ação judicial que mencionou podem ser uma boa fonte de elementos de prova. Tal impugnação será analisada pela Receita, que, dependendo dos elementos apresentados, poderá solicitar esclarecimentos à fonte pagadora e realizar diligências para esclarecer os fatos. Ao final, a impugnação será julgada procedente ou não.Descontos no IPTUMoro em um apartamento em Moema, cujo IPTU de 2008 foi de R$ 853,62, no pagamento à vista. Recebi o IPTU de 2009, cujo valor para pagamento à vista é de R$ 1.146,62, representando um acréscimo de 34%. Foi por esse motivo que eu votei no Kassab? Para fugir das taxas da Marta e dar de encontro com o IPTU do Kassab? Por favor, não me digam que eu perdi o direito ao desconto por isso ou por aquilo. O fato relevante aqui é um aumento de 34% sobre o ano anterior. Nesse, eu não voto mais e, adicionalmente, vou trabalhar para que todos aqueles em quem eu exerço algum tipo de influência não votem também.PEDRO D. DE FREITAS NASCIMENTOSão PauloA Assessoria de Comunicação da Secretaria Municipal de Finanças informa que, em levantamento feito pela secretaria, constatou que o sr. Nascimento possui mais de um imóvel na cidade de São Paulo. Dessa forma, o imóvel citado perdeu o benefício do IPTU de 2008 para 2009. Em 2008, o imóvel estava registrado em nome de outro contribuinte, por isso foi aplicado o desconto. Ressalta que, pela Lei n.º 14.089/2005, os benefícios de desconto ou de isenção do IPTU só podem ser concedidos por um imóvel por contribuinte.A CET contra o cidadãoA atitude da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) no caso de vans classificadas como caminhões (A lebre e o elefante, 24/2) mostra com clareza o desprezo dessa companhia e da Prefeitura de São Paulo pelo cidadão. Estão sendo confundidos classificação de categoria para fins fiscais (IPI) com o tipo efetivo de veículo e, com isso, o seu caixa segue engordando. Um órgão honesto analisaria tais casos e programaria o sistema de autuação automática, como já faz hoje para veículos isentos do rodízio. Ministério Público Estadual, queira se manifestar.BOB SHARP MoemaAssinatura complicadaPor diversas vezes tentei assinar a TV SKY por boleto bancário, mas até o momento ele não foi emitido. Sem contar que vários atendentes desligam o telefone durante a ligação. Espero a emissão do boleto o mais rápido possível.ANA LUCIA MENDES DIAS SILVAGuarulhosO vice-presidente de clientes, Vito Chiarella, informa que um dos objetivos da SKY é atender todos os clientes o mais prontamente possível. A empresa pede desculpas pelo transtorno causado. Um funcionário entrou em contato com a sra. Ana, em 20/2, e informou que em caráter de exceção o pagamento poderá ser feito por meio de depósito identificado. Porém, a cliente não possui interesse em realizar a aquisição da assinatura. O irmão da leitora, sr. Ricardo Dias, contesta: Temos interesse em realizar a assinatura, mas a empresa não enviou o boleto bancário. Sem contar o péssimo atendimento e as falsas respostas. Gostaria de saber quando serão entregues os boletos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.