Cartas

Novas regras para fumantesHá muito tempo é proibido fumar nos aeroportos, mas não nas rodoviárias. Gostaria de saber como ficará a fiscalização com a aprovação da Lei Antifumo. Sou usuária dos Terminais Rodoviários do Tietê, da Barra Funda e do Jabaquara. Quem os administra é a Socicam Terminais de Passageiros, que só proíbe o fumo nas áreas de espera. Esses terminais estão interligados às estações de metrô, onde também é proibido fumar, mas passageiros aproveitam o embarque e o desembarque para fumar um cigarro antes ou depois da viagem. Os funcionários das empresas de ônibus, com os trabalhadores terceirizados da limpeza e da segurança da Socicam, também fumam, e muito, nas rodoviárias. Apesar do pé direito alto da construção, um fumante a um passo de distância de um não-fumante contamina o ambiente. Será que as tabacarias na área comercial estão relacionadas ao lobby da indústria tabagista? No interior de São Paulo, a situação das rodoviárias ainda é pior, apesar de muitas cobrarem taxas de embarque maiores que as praticadas pela Socicam.TATHIANA BAGATINISão PauloA Socicam Terminais de Passageiros esclarece que já começou a executar as ações para a instalação de novas placas de comunicação visual, a retirada dos cinzeiros das áreas segregadas para fumantes e a proibição de fumar nas dependências dos terminais rodoviários, atendendo às novas exigências. Tais modificações estarão totalmente adotadas no prazo máximo firmado pela lei: 90 dias a contar da data de publicação no Diário Oficial.Adesão gratuita?Estou indignada com o péssimo serviço prestado pela empresa Sem Parar/Via Fácil. Em dezembro, por causa da inauguração do pedágio no Rodoanel, funcionários dessa concessionária me abordaram com a promessa de uma promoção de adesão gratuita ao sistema, pagando metade da mensalidade. Mas a cobrança da adesão foi feita na íntegra e somente num mês eu tive desconto na mensalidade. Não bastasse isso, houve um erro ao incluírem meu cartão de crédito para o pagamento das faturas, erro esse que eles simplesmente não corrigem. Já passei fax para mudar para débito em conta corrente pelo menos três vezes, sem contar os inúmeros contatos com a central de atendimento. Recebo incômodas cartas de cobrança por e-mail e pelo correio, informando que o meu cartão de crédito não foi aceito. Os atendentes parecem não entender o que tem de ser feito, dizendo que entrarão em contato em 24 horas. Eu aderi ao serviço em dezembro, estamos em abril e nada de solucionarem pelo menos a pendência do pagamento. Eles agiram de má-fé ao propor "adesão gratuita".MARLENE APARECIDA BARBOSASão PauloO gerente de Atendimento ao Cliente Sem Parar/Via Fácil, Bartolomeu Corrêa, esclarece que a sra. Marlene fez a adesão da promoção Test Drive, que dá direito ao uso do serviço sem cobrança das taxas de adesão e da mensalidade por 30 dias. Após esse período, caso permaneça com o sistema, as taxas são cobradas normalmente. Informa que foi feito acerto para o pagamento do valor pendente e que está providenciando a regularização do cadastro.A leitora contesta: O meu caso não foi solucionado. No caso da promoção, o funcionário disse que a adesão ao serviço era gratuita. Em nenhum momento foi falado que seria um Test Drive de 30 dias. Seria mais digno se os funcionários fossem orientados a dar a informação real do que será cobrado, e não prometer promoções que não existem.Praças abandonadasMoro no bairro do Sumaré e quero registrar a falta de atuação e de atenção da Prefeitura com relação à conservação das nossas praças e dos nossos jardins, pois estão totalmente tomados pelo mato. Já reclamei por e-mail à Subprefeitura da Lapa, porém sem resposta. Posso assegurar que há pelo menos 4 meses ninguém aparece. Sabemos que o serviço é terceirizado. E a fiscalização? Um exemplo são as praças da Rua Petrópolis, que estão em total abandono. Na confluência da Rua Pombal com a Grajaú, os moradores se mobilizam para limpar a praça. Isso não é certo. Afinal, qual é a política do nosso prefeito? Qual o motivo dessa falta de atenção? A Sabesp ainda transformou o bairro num canteiro de obras. Manutenção? Tudo bem, mas precisa colocar toda a terra retirada nas praças, sem nenhum cuidado? O bairro está feio e descuidado. Dá vergonha.CARLOS ROBERTO BAENASão PauloA Subprefeitura da Lapa não respondeu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.