Casa de advogada do PCC é atacada em Araraquara

A casa da advogada Aryane dos Anjos foi alvo de um atentado na madrugada desta quinta-feira, 31, no bairro de Vila Xavier, em Araraquara. Em depoimento à polícia, a irmã de Aryane, Marilena dos Anjos, única pessoa que estava na casa no momento do atentado, disse acreditar que o ataque foi uma retaliação de criminosos, com intuito de intimidar a advogada.Aryane é advogada de integrantes da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC). Ela já defendeu o líder máximo da organização, o assaltante Marcos Williams Herbas Camacho, o Marcola. Ela está convocada para depor à CPI do Tráfico de Armas no próximo dia 6. Uma bomba de fabricação caseira foi arremessada no corredor externo da residência de Aryane, por volta de 0h30. Naquela hora, apenas Marilena estava no local. Ela contou que ouviu quando um carro parou em frente à casa e, em seguida, algo foi arrastado no corredor. Ao se preparar para ver o que estava acontecendo, ouviu o barulho da explosão e viu um clarão. Marilena chamou a polícia, que foi ao local. Ninguém ficou ferido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.