Casa de agente penitenciário de Minas Gerais é atacada

A residência do agente penitenciário Élcio Fabiano da Silva, de 26 anos, foi alvo de diversos disparos na madrugada desta segunda-feira, 17. A casa do agente fica na cidade de Vespasiano, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Ninguém ficou ferido. De acordo com a Polícia Militar (PM), os disparos foram feitos por um grupo que passou em frente à casa do agente de carro. Um dos suspeitos, ainda não identificado, seria um ex-detento. A Secretaria de Defesa Social de Minas Gerais nega que haja ramificações do Primeiro Comando da Capital (PCC), que age no Estado de São Paulo, nos presídios mineiros. A motivação do ataque ainda é desconhecida. A PM chegou a deter, na madrugada, dois homens suspeitos de ocuparem o veículo na hora dos disparos. Ambos foram encaminhados ao 2º Distrito Policial de Vespasiano. Porém, após prestarem depoimento, foram liberados por falta de provas. A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Tráfico de Armas da Câmara, que investiga o comércio ilegal de armamentos e munições no País, afirma que o PCC está presente em São Paulo, Mato Grosso, Paraná, Pernambuco, Mato Grosso do Sul, Espírito Santo, Rio Grande do Sul e Minas Gerais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.