Casa de rapaz suspeito de torturar namorada é incendiada em MG

Menina de 17 anos teria sido espancada por cerca de 12 horas após uma crise de ciúmes no sábado, 28

Marcela Gonsalves, Estadão.com.br

01 de junho de 2011 | 16h05

SÃO PAULO - A casa do rapaz de 25 anos suspeito de agredir a namorada em Patos de Minas, no interior mineiro, foi incendiada na noite desta terça-feira, 31. O Corpo de Bombeiros recebeu o chamado por volta das 19h20. O fogo foi controlado por volta das 20h50, mas atingiu dois cômodos da residência.

 

Segundo os bombeiros, pelas características do local o incêndio foi criminoso, provavelmente para vingar a morte da jovem. Foi encontrado um litro de álcool próximo à entrada da residência. A Polícia Militar também esteve no local para averiguar o chamado. O jovem está foragido da justiça.

 

A adolescente de 17 anos teria sido espancada por cerca de 12 horas após uma crise de ciúmes do namorado no último sábado, 28. A adolescente foi socorrida e levada para o Hospital Regional Antônio Dias com ferimentos graves, mas não resistiu e faleceu na tarde desta terça-feira, 31. A Polícia Civil investiga o caso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.