Casa Verde faz a ponte SP - Grécia

Carros suntuosos e alegorias caprichadas foram o destaque do desfile da Império da Casa Verde na passarela do sambódromo. Entretanto, o enredo, que misturou mitologia grega com a história da cidade, não chegou a empolgar o público do Anhembi. Em um dos carros, a escola lembrou o feito do médico Euclides Zerbini, o primeiro a fazer um transplante de coração no país, e trouxe entre os detaques do um paciente do Incor transplantado há 10 anos. Em outro carro, que fazia referência a Hades, deus dos Infernos na mitologia grega, a escola tratou do tema da ditadura militar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.