Casal de orientais morto em apartamento no centro

Um casal de chineses foi assassinado, por volta das 23h00 deste sábado, no interior de um edifício localizado na Avenida Senador Queirós, nº 645, em Santa Ifigênia, região central da capital paulista. A polícia já sabe que o apartamento das vítimas, situado no 8º andar do prédio - que é ocupado por 80% de chineses -, foi invadido por dois homens. As duas vítimas trabalhavam como comerciantes da Rua 25 de Março e foram mortas, a princípio, somente a pauladas. Todo o interior do apartamento foi revirado, o que indica um possível roubo. Marcas de sangue estavam em vários pontos das paredes.A filha do casal, uma jovem de 23 anos, levou um golpe na cabeça e, como fala muito mal o Português, ainda não conseguiu explicar detalhadamente o que ocorreu dentro do apartamento. O caso está sendo registrado no 01º Distrito Policial, da Sé, e a polícia já começa a trabalhar com a hipótese de que os assassinos façam parte da Máfia Chinesa, organização cujos "soldados" (como são chamados os executores dos assassinatos) ameaçam comerciantes chineses do centro da cidade, exigindo dinheiro das vítimas, repassando-o aos chefões.

Agencia Estado,

30 de setembro de 2001 | 10h44

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.